10/08/11

A origem do nosso calendário

Nosso calendário atual teve seu início muitos anos atrás. O bisavó do calendário foi criado pelo romano Rômulo (753-717 a.C.), e tinha apenas 10 meses e a principal herança deste calendário para o nosso é o nome dos meses. O ano começava com Martius (Março), o segundo era Aprilis, o terceiro Maius, o quarto Junius, o quinto era Quintilis, o sexto era Sextilis, o sétimo September, o oitavo era October, o nono era November e por fim o décimo era chamado de December.

Júlio César
 Mas foi com o imperador romano Júlio César que tomou para si a tarefa de reordenar o calendário, chamando para isso o astrônomo Sosígenes. A partir daí o ano passou a se iniciar em Januarius, e não mais em Martius; para isso ele fez com que o primeiro de janeiro coincidisse com a primeira Lua nova depois do solstício de inverno (para o hemisfério norte), com isso ele atendeu a antigas crenças dos calendários solar e lunar.

E foi também com Júlio César que o ano passou a ter 365 dias, sendo que de quatro em quatro anos haveria um dia excedente em Februarius. Júlio César, após ser assassinado em 44a.C., foi homenageado e, para isso, lhe foi reservado o mês de Julius, antigo Quintilis.

César Augusto
Porém os pontífices encarregados de regular o calendário e de acompanhar as observâncias das leis erraram nas interpretações das regras do calendário e estavam tornando bissextos os anos em intervalos de três anos, em vez de quatro em quatro. César Augusto (44a.C.-37d.C.) decretou que não se fizessem bissextos os três anos seguintes que deveriam sê-los.

Graças a essas contribuições, o imperador foi homenageado com seu nome no lugar do Sextilis, mês em que nasceu, que passou a ter 31 dias, o mesmo número de Julius, visto que sendo imperador, como Júlio César, então ambos deveriam merecer a mesma homenagem. Com o aumento do número de dias de Augustus, o prejudicado foi o mês de Februarius, que passou a ter 28 ou 29 dias.

4 comentários:

  1. Muito interessante.
    O Velho Mundo continua atual...
    Gostei!
    Tô te seguindo no blog.
    Depois vou ao Twitter.
    Forte abraço.

    ResponderExcluir
  2. Gostei de saber mais a respeito,parabéns pelo post.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Gostei me ajudou muito em um trabalho de ciencias!! Obrigada um forte abraco

    ResponderExcluir
  4. bom demais ajudou muito na minha pesquisa

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...